10 MOTIVOS PARA APRENDER INGLÊS AGORA!

12/09/2016

10 MOTIVOS PARA APRENDER INGLÊS AGORA!

Estamos numa crise bastante significativa onde temos todos os principais ingredientes (juros altos, impostos altos e desconfiança) para um significativo aumento no desemprego no país.

Nesse sentido é importante ter uma forte resiliência, ou seja, capacidade de adaptação aos novos tempos.

São nos tempos de crise que novas oportunidades aparecem, e você tem que estar preparado para elas “turbinando” seus conhecimentos, habilidades e atitudes.

Um dos conhecimentos que você deve ter agora é o da língua inglesa. O inglês pode não ser a língua mais falada no mundo (perde para o chinês) mas certamente é a favorita no mundo dos negócios e a mais difundida pelo mundo. Um reflexo do domínio Anglo-Americano dos últimos séculos.

Mas falar de oportunidades é muito abstrato, então listo abaixo 10 motivos pelos quais você deve aprender inglês agora!

 

1 – CONSEGUIR UM EMPREGO OU UMA PROMOÇÃO NO EMPREGO

Conseguir promoção ou emprego

Em um mundo globalizado onde empresas multinacionais tem equipes de diferentes países trabalhando nos mesmos projetos uma língua universal de comunicação faz-se necessária e o inglês naturalmente toma esse papel.

Não ser fluente em inglês o fará ser preterido nesses projetos. Para piorar, com a crise e a recessão, empresas passarão a demitir e o inglês será claramente um diferencial na linha de corte.

Se você está num processo de seleção de trainnee de uma multinacional deve saber que o inglês geralmente é eliminatório, parece óbvio não? Só que mais da metade dos candidatos já são eliminados na primeira fase devido ao inglês.

 

2 – MAIS FACILIDADE EM VIAJAR A TRABALHO PARA O EXTERIOR PELA EMPRESA

É uma continuação do conceito do item anterior, empresas enviam seus melhores funcionários para o exterior por diversos motivos, seja para aprender uma tecnologia nova ou uma pós-graduação ou participar de um projeto novo.

O fato é que, ao participar de alguma iniciativa no exterior, sua visibilidade na empresa aumenta e, com ela, suas chances de progressão na carreira. Para isso, saber a língua inglesa é crucial.

 

3 – TRABALHAR FORA DO PAÍS

Trabalhar Fora

Esqueça que você trabalha numa multinacional, suponha que você queira trabalhar “lá fora” mesmo, aproveitando esse momento de câmbio desvalorizado para turbinar seus ganhos.

Existem países como Canadá e Austrália que mantém programas de recrutamento para diversos segmentos, inclusive em áreas técnicas como engenharia e tecnologia da informação.

Entrevistas de emprego e outras atividades do processo de seleção são todas em inglês então você deverá estar “afiado” na língua para conseguir uma vaga.

É claro que você consegue ir sem saber nada de inglês, mas suas chances diminuem. Talvez o emprego que você consiga não seja o que você originalmente desejava e, finalmente, sua adaptação será mais complicada devido a barreira do idioma.

 

4 – ESTUDAR NUMA UNIVERSIDADE LÁ FORA

Estudar Fora

Muitos jovens têm o sonho de estudar numa universidade “top de linha” no exterior. Stanford, Harvard, MIT, Princeton, Cambridge, Oxford são alguns nomes que “saltam” aos olhos dos estudantes.

É bastante difícil entrar numa universidade dessas, e a prova de inglês (ou a necessidade de apresentar uma certificação/aprovação como o TOEFL ou Michigan) já elimina a grande maioria dos interessados.

Após essa “primeira peneira” vem a fase das entrevistas que são em inglês. Novamente deverá mostrar desenvoltura para obter sucesso.

Finalmente, algumas destas instituições mantém programas de treinamento gratuitos na internet. Isso é ótimo não? É a chance de você aprender conteúdo que custaria milhares de reais simplesmente “de graça”. Só que você precisa saber inglês para poder aproveitar tudo isso.

Mais para a frente falaremos nesse assunto, mas a essa altura do texto você já deve estar percebendo o enorme valor de dominar a língua inglesa.

 

5 – TRABALHAR COMO TRADUTOR DE TEXTOS

Tradução de Textos

Trabalhar como freelancer na tradução de textos é uma fonte certa de renda extra que você pode ter. Uma rápida pesquisa no site Workana, dá para perceber uma quantidade significativa de ofertas de trabalhos.

O Google se mostra como um excelente tradutor de textos, mas ainda é necessária a tradução humana para diversos produtos como Software, Livros, artigos científicos, trabalhos universitários etc.

Um tipo de serviço de tradução me chamou a atenção. Com o advento dos vídeos e o seu uso em larga escala na internet, o serviço de tradução de textos para inserção em legendas se tornou uma grande necessidade.

 

6 – TRABALHAR COM TRADUÇÃO SIMULTÂNEA

Tradução Simultânea

O Brasil, pela sua grandeza e apelo turístico, certamente se tornou parada obrigatória para grandes congressos e eventos de todas as áreas.

Isso significa muitos palestrantes internacionais. Também virou hábito, em eventos nacionais, chamar uma atração internacional para “turbinar o evento”.

A vinda de um palestrante internacional gera a necessidade de um serviço de tradução simultânea. Geralmente, mesmo que não seja a língua nativa do palestrante, muito provavelmente ele fará a palestra em Inglês.

 

7 – DAR AULAS DE CONVERSAÇÃO.

Dar aulas de conversação

Aulas de conversação são importantes para o aumento e posterior manutenção da proficiência em inglês e a demanda pelas mesmas é fortíssima.

Com o advento das ferramentas em vídeo (Skype, Hangout, Zoom, Etc..) ficou mais fácil dar e fazer aulas de conversação.

Trata-se de mais uma forma de gerar uma renda extra sem sair de casa.

 

8 – TURISMO (TRABALHAR OU FAZER)

O turismo é uma indústria que movimenta bilhões por ano e fonte de milhões de postos de trabalho no mudo inteiro.

Trabalhar no setor de turismo significa ter que lidar com muitas pessoas de diferentes nacionalidades e saber falar uma língua estrangeira como o Inglês é crucial neste momento.

Há muitos empregos temporários no setor, especialmente em alta temporada, sobretudo para quem é mais novo e quer custear a viagem.

Tenho amigos que ficaram 4 meses na Europa durante a alta temporada, eles trabalhavam 2 meses, e, com o dinheiro arrecadado, faziam turismo nos meses seguintes.

Trabalhando ou fazendo turismo, a comunicação é essencial e o conhecimento de uma língua estrangeira é fundamental, se você tem o desejo de viajar pelo mundo certamente não vai querer que a comunicação seja um empecilho.

 

9 – LER LIVROS ESTRANGEIROS A UM CUSTO MUITO MENOR

É impressionante. A diferença de preço entre algumas versões nacionais e estrangeiras de determinados livros.

É claro que fazer a tradução de um livro estrangeiro para nossa língua envolve custos de tradução, licenciamento, nova edição, etc. Quanto mais técnico é um livro, maior a diferença.

Além da questão do custo tem a questão do livro em si. Uma tradução de livro pode demorar meses, ou até anos para ocorrer (ou simplesmente nunca ocorrer).

Num mundo onde tempo é dinheiro ter acesso antecipado a um conhecimento novo pode ser a diferença entre ganhar centenas e milhares de reais fruto do mesmo.

Veja o caso da disciplina de “Asset Allocation” (Alocação de Ativos). Há uma vasta literatura sobre o assunto no exterior, mas que nunca foi traduzida para o português.

O meu colega Henrique Carvalho estudou esse assunto a fundo através desta literatura e compilou o conhecimento num e-book que se tornou um sucesso de vendas (clique aqui para saber mais sobre esse trabalho do Henrique).

 

10 – INGLÊS É UMA LINGUAGEM FÁCIL DE APRENDER.

Inglês é uma língua mais simples que as outras

A popularidade da língua inglesa se deu especialmente por conta da liderança no cenário mundial exercida pela Inglaterra e Estados Unidos nos últimos dois séculos, mas o fato de ser uma linguagem de fácil aprendizado contribuiu muito para sua disseminação.

Então se hoje você está pensando em aprender uma língua estrangeira e não sabe qual, o inglês certamente é uma das melhores opções.